X FECHAR

Quanto mais cedo for identificado o transtorno, mais chances de melhoria do quadro.

Transtorno clínico com a participação genética

TDAH: O que isto significa?

É um transtorno clínico com a participação genética. Trata-se de problemas nas funções executivas pela falta de dois neurotransmissores; a noradrenalina e a dopamina. No TDAH os sintomas devem ser observados por mais de seis meses e são eles:

  1. TDAH - Excesso de desatenção e agitação (esquece de dar recados, perde objetos, não consegue se organizar, etc).
  2. O comportamento aparece em todos os lugares (em casa, na escola, passeios, dentista, médicos, etc).
  3. TDAH - Impulsividade (não sabe esperar a vez, fala compulsivamente, faz pergunta antes mesmo da explicação ter acabado, dificuldades para dormir).
  4. TDAH -Vai mal na escola (problemas de relacionamento, não termina a lição, perde o material, pula linhas sem critério, pula paginas, na leitura leitura, pula palavras e frase, coordenação motora fina comprometida).
  5. Desastrado (derruba coisa por onde passa, cai muito, perde material, dificuldade espacial e coordenação ampla).
  6. TDAH -Distrai-se com qualquer estímulo externo, dificuldades com a memória operacional e de trabalho, dificuldade na memória de longo prazo.

"Quanto mais cedo for identificado o transtorno, mais chances de melhoria do quadro"

A observação deve ser feita a partir dos 4 anos e pode ser percebido até a vida adulta. Há necessidade de um tratamento medicamentoso na maioria das vezes e também terapêutico, em alguns casos os dois.

O TDAH se não tratado pode causar danos na vida adulta como envolvimento com drogas, acidentes de carro, fracasso profissional, perda de emprego, etc.

O TDAH é responsável por 5% da população mundial.

No Colégio Paulista criamos uma estratégia de trabalho com as crianças e adolescentes com este transtorno, e uma delas é o respeito à sua individualidade.

SOLICITE INFORMAÇÕES

Solicite, de forma rápida e fácil, informações sobre como matricular seu filho

SOLICITAR